PAULO PADIS

Partner

ppadis@padismattar.com.br

+ 55 11 3185 6800

 

Paulo Padis é sócio no Padis Mattar Advogados. Paulo trabalhou nos escritórios mais prestigiados do Brasil e antes de fundar o Padis Mattar foi sócio fundador do Stocche Forbes Padis Filizzola Advogados em 2012. Sua atuação tem foco em transações cross-border de dívida e equity, assessoria a credores e bondholders em processos de restruturação, operações de M&A de ativos especiais (distressed M&A), financiamentos estruturados (principalmente credit/hedge funds).

Entre seus trabalhos notáveis, Paulo assessorou Mubadala na reestruturação de seu investimento no grupo EBX e na aquisição conjunta pela Mubadala e a trading Trafigura da Porto Sudeste do Brasil S.A. por um valor empresarial de mais de R$ 4 bilhões.

Na frente de reestruturação, Paulo assessorou o comitê de bondholders liderado pelo fundo Solus, Attestor e Centerbridge na reestruturação da dívida da Oi S.A., e atualmente está assessorando o comitê de credores do EPP na reestruturação da Samarco.

Além disso, Paulo assessorou a Centerbridge no financiamento da Actis LP para o desenvolvimento da empresa de energia renovável Atlantic.

Paulo foi reconhecido por publicações como Chambers and Partners, IFLR e Legal500 como um dos advogados mais destacados do Brasil.

TRANSAÇÕES RELEVANTES

 

Assessorou:

 

Grupo de hedge funds e bancos japoneses no novo empréstimo de US$1,6 bilhões à Samarco Mineração S.A. depois do rompimento da barragem em Mariana, Minas Gerais, em 2015;

 

Zaff, LLP, como financial sponsor e posteriormente acionista controlador da Itafos (anteriormente MBAC Fertilizer Corp.) na reestruturação da Itafos no âmbito do CCAA no Canadá e, concomitantemente, no âmbito da legislação brasileira que resultou em uma redução do endividamento em aproximadamente US$ 307 milhões;

 

Investidores internacionais na emissão de R$1 bilhão de debêntures da Atvos Agroindustrial Participações S.A.;

 

Solus Alternative Asset Management, bondholder e backstop commitment provider da Oi S.A. e suas subsidiárias na reestruturação judicial de aproximadamente R$64 bilhões da dívida da empresa, a maior reestruturação do setor privado na história da América Latina.

 

Grupo Ad hoc de bondholders e credores da Tonon Bioenergia na reestruturação judicial de mais de US$ 900 milhões da dívida da Tonon, incluindo a venda pela Tonon de uma unidade produtiva isolada (UPI) consistindo de duas das três usinas de processamento de cana de açúcar da empresa para a Raízen, com o produto da venda distribuído aos credores.

  

Castlelake, LP na reestruturação da dívida de R$3,9 bilhões da Queiroz Galvão Energia S.A., incluindo a negociação de planos de recuperação judicial e extrajudicial;

 

FORMAÇÃO ACADÊMICA

 

London School of Economics and Political Science (LSE)

LL.M (Master of Laws)

 

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP)

Direito - Graduação

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL INTERNACIONAL

 

Mayer Brown International LLP

London, UK

 

IDIOMAS

 

Potuguês, Inglês